Colônia Witmarsum – café colonial

September 13, 2011

No trecho compreendido entre Curitiba e Ponta Grossa, também conhecido como “Rodovia do Café”, no Estado do Paraná, está situada a Colônia Witmarsum que congrega uma comunidade de alemães, muito simpática e acolhedora, que todo ano promove através da Igreja Luterena um saboroso e farto café colonial.

Este ano o evento teve como data o dia 28 de agosto e tivemos a oportunidade de lá comparecer, juntamente com alguns amigos antigomobilistas, para prestigiar o belo trabalho desenvolvido por aquela comunidade.

Num domingo ensolarado, botamos na estrada Pumas, Adamos, Porsches, MP Lafer, Galaxie, Corcel, Mustang, Fusca, entre outras preciosidades do automobilismo. Foi um dia maravilhoso, festivo e de muita alegria para todos os que lá compareceram. Merece também destaque os motociclistas que deram um brilho muito especial ao evento.

Eu com meu Porsche, Wando com seu Miúra  e o Henrique com seu Adamo, marcamos encontro num posto de combustíveis próximo ao Parque Barigui e saímos mais cedo que os demais, por volta das 13:30hs, até porque precisávamos também retornar mais cedo. Aos poucos começou a chegar o pessoal do Puma Club do Brasil e outros tantos aficcionados por carros e proprietários de automóveis antigos, lotando o estacionamento destinado aos colecionadores.

O café colonial oferecido aos visitantes estava simplesmente impecável. Várias e deliciosas espécies de guloseimas (tanto salgadas como doces), fizeram os presentes adquirirem sem dúvida alguma alguns quilinhos a mais naquela tarde de domingo. Valeu a festa! Valeu o passeio! Valeu a recepção dos anfitriões!  Aos clubes de automóveis antigos e proprietários avulsos que não puderam, por uma razão ou outra, comparecer na Colônia Witmarsum, eu garanto: perderam um belo passeio e um maravilhoso café colonial, mas não se chateiem porque ano que vem terá outra edição e eu divulgarei com antecedência a data para que todos possam se programar e participar.

Apreciem as fotografias das mesas fartas das quais desfrutamos e também dos carros, da estrada e da alegria do pessoal participante.

Justifico desde logo, que algumas fotografias encontram-se em tamanho reduzido porque a configuração da máquina do companheiro que as tirou estava assim definida e não foi possível a alteração do tamanho para esta edição.

Agradeço a colaboração dos amigos pelo envio dos registros fotográficos, para que pudesse publicar nesta matéria.

Local do encontro para a saída.

Minha esposa , minha companheira .

Eu e minha esposa preparando para a viagem.

Em primeiro plano o Adamo do Henrique.

Pé na estrada,

rumo a Witmarsum.

Sinalização indicativa da Colônia.

Quase lá.

Chegada no local do Café Colonial.

Faixa indicativa do local.

Estacionamento reservado aos automóveis antigos.

O pessoal começando a chegar na festa.

Grande Wando!  Esse cara agita a turma.

Os visitantes se fartaram com as delícias oferecidas.

A fome do Wando fez tremer até a fotografia.

Nosso amigo Henrique não deixou por menos. Na sequência meu sobrinho Guilherme e meu filho Beto.

Também mereço um cafezinho né?

Vejam só a beleza e a fartura das mesas.

O salão onde foi servido o café e as senhoras com trajes típicos.

Os carros que participaram do passeio.

Motociclistas também prestigiaram a festa.

Ciro, Presidente do Puma Club do Brasil, com sua esposa Valquiria.


Estacionamento para o público completamente lotado.

Ao final da tarde, todos retornando a Curitiba.

One Response to “Colônia Witmarsum – café colonial”

  1. Much appreciated for the information and share!

Leave a Reply